sábado, 26 de janeiro de 2013

Um desabafo qualquer ( :


 Não estou muito de escolher carinhos, estou meio assim, de onde vem é bem aceito. Também não estou mendigando, não imploro, quer vir? Venha! Não quer? Então fique por ai. Estou pra coisas sinceras, mesmo que não seja pra sempre. Acho que essa melancolia toda se alojou por falta do que pensar, falta de quem pensar. Percebo que ultimamente as pessoas não se esforçam pra me cativar, pra me encantar e eu, em partes, me agrado com isso. Mas meu lado carente já está começando a reclamar. Sabe,  aquela coisa de você sentir vontade de mandar mensagens de bom dia, só pra demonstrar carinho? Eu não sinto vontade de mandar a tempos, e eu até sei o porque,  sem estimulo. Sabe, eu já me deparei por várias vezes perdida em pensamentos, acho que de certa forma a culpa é minha. Nada ta bom, nada é o que eu quero.
 Mas eu hoje parei pra pensar que nem sempre o que eu acho é o que de fato é verdade, e nem sempre o que eu quis foi o melhor. Mas deixa estar, o que tiver de ser, será. Deixei de exigências, deixei de tratar mal a quem demonstra me querer, e querer meu bem. Estou nessa , precisando de demonstrações de afetos, precisando da terapia de abraços e de mensagens sem nexo no meio do dia ou da noite, ou de qual quer hora, sei lá. Não quero mais coisa assim de que vai e passa. Sabe aquela vontade de deixar de ser onda? É, que vem e vai, até deixa algo diferente momentos depois que passa, mas que logo se torna uma calmaria, uma coisa parada, sem muitas emoções.
  Acho que tudo isso é o emocional demonstrando que precisa daquela coisa de amar, sabe? Mas eu ainda assim digo, eu não sou de implorar, de pedir, afinal, o que é verdadeiro não precisa ser mendigado. Enfim, acho que é isso ! 

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Mas um ano se passou...


  Agente quase sempre espera pela passagem de um ano pra outro pra dizer que vai mudar, que nada será como antes. E eu só não entendo porque, é como aquela coisa de começar uma dieta na segunda, sabe? Só uma desculpa a mais pra continuar cometendo erros por mais um tempo. Daí começa um novo ano, mas e o que muda? Um numero diferente que se coloca na data? Agente devia parar com isso, sabe? Os erros devem ser mudados quando percebidos, ou será que só enxergamos nossos erros no último dia de cada ano?